“O que acontece com todas aquelas lágrimas que não derramamos?”

Jule Renard

” Você cercado pelas  lágrimas.As pessoas choram perto de você e, as vezes, você mesmo  chora.Embora este fenômeno de verter água dos olhos em momentos de dificuldades emocionais seja um dos maiores mistérios deste planeta, a maioria das pessoas não entende muito claramente a razão deste comportamento, nem porque chorar comove tanto os outros.

Choramos pelos motivos mais diversos, embora a composição química de todas as lágrimas derramadas nas mais diversas situações seja a mesma, os significados são vários.

As lágrimas quem vêm aos nossos olhos no momento em que uma lata de óleo cai em nosso pé ou por  uma irritação causada por corpúsculos estranhos ou por cortar cebolas são diferentes daquelas que aparecem quando vemos uma fotografia ou nos lembramos de uma pessoa que amamos muito.

As lágrimas são a língua da alma e , como em qualquer outra língua,o significado das palavras não é determinado pela definição do dicionário, mas sim,pelo contexto no qual são usadas.

Embora sejam mais difíceis de se definir, as lágrimas são mais expressivas do que as palavras.Também mais difíceis de esconder, porque os motivos que nos levam a chorar revelam quem somos.Nossas lágrimas afastam a cortina revelando a identidade de nosso verdadeiro ser que,com muita frequência,é escondido dos outros,como um segredo com vida própria.

As “verdadeiras”lágrimas contêm altos níveis de substâncias tóxicas que o corpo evidentemente elimina através do choro.Isso é uma boa notícia.Mais um meio de eliminarmos o “lixo” que acumulamos.

Precisamos de um bom choro de vez em quando. Chorar faz muito bem a você .

Chore não sinta vergonha.

Fonte : Daniel C.Luz Livro Insight2